quinta-feira, 16 de dezembro de 1999

SELHAMA - O FENÔMENO PARANORMAL


(REFLEXÕES SOBRE A PARANORMALIDADE COMO UM SENTIDO DE VIDA)

 Celso e Junko Sato Prado - Dezembro de 1999

CRÉDITOS - Capa: 'Mistérios do Desconhecido' - Viagens Psíquicas, Fases de uma EEC, Editores de Time-Life Livros, Abril Livros-RJ, 1992: 49.
_______________________________________________________________

DO QUE SE TRATA ESTE TRABALHO

A história de uma jovem que, no caminho de sua independência aparentemente normal, de repente e de maneira estranha atira-se à rejeição de si mesma para, então, se dedicar a uma louca paixão, consubstanciada no estranho ato de amar um morto, ou a alma daquele, seja lá o que for, num esforço desesperado e secreto de trazer o seu amado de volta à vida terrena, através de um processo de materialização ectoplasmática efetiva e independente, com presença física visível, conforme também o desejo ditado pelo pretenso espírito, que a ela somaria forças para consumação dos propósitos. 

_______________________________________________________________

DIREITOS AUTORAIS: 
Romance original de Celso Prado, escrito em Paraguaçu Paulista - SP e digitalizado aos 16 de dezembro de 1999.
Para a atual versão - corrigida e atualizada, em junho de 2016, contou com colaboração de Junko Sato Prado.
-o-





Nenhum comentário:

Postar um comentário